Explicaremos aqui do que tratam os erros mais comuns do protocolo HTTP.

Com certeza pelo menos alguma vez você já viu o erro 404 (esta página não pode ser exibida porque não existe ou está indisponível) e outros erros.

Antes de tudo é necessário saber o que é o Apache: É um servidor de site que utiliza o protocolo HTTP ou HTTPS (http seguro) para fornecer acesso aos sites. A esmagadora maioria dos servidores do planeta terra usam o servidor Apache, seja no Linux ou Windows.

Por fim, segundo a especificação da Apache Fundation (fundação que controla o Apache), os códigos de erro iniciam em 400 e terminam em 510. Os erros 4XX são erros normalmente esperados nos usuários que acessam o servidor e os erros 5XX são esperados no servidor;

Listaremos aqui os erros mais comuns pelos seus números (cada um desses erros são identificado por um único número). Nem todos os números são usados pela Apache Fundation, enquanto outros estão sendo removidos nas versões mais atuais do Apache 2.x. Quando esse último evento ocorrer, colocarei uma nota.

400 (Bad request)
É um erro em geral causado pela requisição de algum tráfego entre a sua conexão e o servidor. Algum erro no protocolo HTTP ocorreu e ele foi negado pelo servidor.
Normalmente a limpeza do cache do seu navegador, forçar a atualização com o comando CTRL+F5 ou reconectar soluciona o problema.
Quase sempre o erro está associado a quem acessa o site e não ao servidor, até porque é ele quem verifica todas as suas requisições para identificar possíveis problemas.
401 (Unauthorized)
O acesso não foi autorizado porque uma senha foi requerida para o acesso ou porque os argumentos (ou credenciais) necessárias para o acesso não foram informados. Em alguns casos o navegador utilizado não compreende quais são essas credenciais e não consegue acessar a URL solicitada.
402 (Payment Required)
Erro sendo removido pela Apache Fundation.
403 (Forbidden)
O acesso ao servidor foi negado por alguma razão. Em geral é porque o usuário não está autorizado a abrir ou listar algum diretório do seu site.
404 (Not found)
Normalmente causado por uma tentativa de acesso a um diretório ou arquivo que não existe em seu site.
407 (Proxy Auth Required)
A conexão deveria ter sido feita através de um proxy, mas não foi, gerando esse erro.
408 (Request Time Out)
Alguma solicitação feita por quem acessa o site não foi atendida em um tempo esperado e o servidor derruba essa conexão, ou simplesmente a perde. Quase sempre esse problema está associado à conexão de quem tenta acessar o site. O problema pode ocorrer com mais frequência em servidores que possuem espelhamento ou quando está sobrecarregado.
410 (Gone)
Esse erro normalmente ocorre com uma site que migrou de um serviço de hospedagem para outro. Isso ocorre quando a pessoa que acessa o seu site é redirecionado para o serviço antigo de hospedagem. Lá o site não mais existe, então o servidor antigo devolve o erro 410, mas também pode devolver o erro 404, o que pode confundir o proprietário da conta e o suporte técnico. Em geral o erro 410 desaparece automaticamente de acordo com a propagação do novo DNS fornecido pelo novo serviço de hospedagem.
411 (Lenght Required)
Para simplificar, é um recurso do HTTP para um transporte de uma informação desse protocolo. Quase sempre esse problema é proveniente do usuário que acessa o site, mas especificamente do seu navegador. Normalmente o problema ocorre quando há uma sobrecarga de dados na conexão de internet do usuário.
412 (Precodition Failed)
Normalmente o problema está no usuário que acessa o site, quando o seu navegador exige uma condição de estado que não existe no servidor. Por exemplo é tentar acessar um site via protocolo HTTPS (HTTP seguro) e o site não oferecer suporte a esse protocolo.
413 (Request Entity Too Large)
Quase sempre o erro vem do usuário que acessa o servidor. O erro ocorre quando o usuário envia mais dados que o esperado pelo servidor. Isso decorre de várias causas, mas a mais comum é quando o servidor possui limite, por exemplo, de 10Mb por upload e o usuário envia mais de 10Mb. Reforçando: “10Mb” foi só um exemplo.
414 (Request Url Too Large)
A maioria dos servidores aceita algo entre 2048 até 4096 caracteres em uma URL (endereço). Quando você ultrapassa esse limite, o servidor retorna um erro 414. O limite deve existir especialmente para evitar injeção de códigos maliciosos e também evitar corrompimento dos pacotes ao trabalhar com quantidades não esperadas pela especificação original do Apache.
415 (Service Unavailable)
Esse erro ocorre quando algum tipo de serviço não está disponível no servidor e o usuário está tentando usá-lo em sua conta de hospedagem. Exemplos de serviços: PHP, alguns tipos de streaming e outros tipos de serviços que exijam bibliotecas específicas para funcionar e que não estão instaladas ou não configuradas no servidor.
422 (Unprocessable Entity)
Algum recurso (em geral multimídia) que embora reconhecido pelo servidor, por algum motivo não pode ser processado. Normalmente se o erro é intermitente, é porque existe problema na mídia que o usuário adicionou.
500 (Internal Server Error)
Esse erro ocorre quando uma condição de estado de um diretório ou arquivo não está de acordo com as configurações do servidor, isto é, não estão sendo satisfeitas pelo servidor. Embora a causa possa estar em diversos eventos, a mais comum é quando um usuário configura chmod acima de 644 para arquivos ou acima de 755 para diretórios. Os servidores da iLax usam o modo SU do PHP, onde qualquer chmod acima desses especificados geram erro 500 por uma questão de segurança.
501 (Not Implemented)
Esse erro ocorre quando o usuário que acessa requisita algo que existe dentro do protocolo HTTP, mas que não está implementado no servidor que ele tenta acessar.
502 (Bad Gateway)
Esse erro ocorre quando há algum serviço intermediando os dados entre o usuário que acessa e o servidor. Normalmente o serviço mais comum que causa essa falha é um proxy entre o usuário e o servidor. Há alguma incompatibilidade entre o que o cliente pede e o proxy solicita ao servidor e vice-versa.
503 (Service Unavailable)
Diferente do erro 415, o serviço está disponível no servidor mas temporariamente está fora do ar (por causa de uma manutenção, por exemplo) ou está sobrecarregado (em horários de pico de uso dos recursos do servidor, por exemplo). Neste caso o problema geralmente se resolve sem qualquer alteração em nenhuma das partes (usuário ou servidor).
506 (Variant Also Varies)
Pode ser um problema de cache do servidor ou do usuário ou módulos do Apache do servidor causando algum problema no tráfego de pacotes específicos. O problema deve ser avaliado no servidor.
507 (Insufficient Storage)
Não existe espaço disponível na conta do cliente para executar alguma ação solicitada pelo site (por exemplo um usuário acessando o site e utilizando algum tipo de recurso que consuma memória ou espaço em disco).