Em aproximadamente 31 de janeiro deste mês, a versão 56 do navegador Chrome será lançado. Há uma mudança significativa na forma como exibe sites que não estão usando HTTPS, também conhecido como SSL. Esta alteração pode confundir os visitantes do seu site ou surpreendê-lo se você não está esperando.

A partir do lançamento do Chrome 56 este mês, qualquer site que não esteja executando o HTTPS terá uma mensagem na barra de localização que diz “Não Seguro” nas páginas que coletam senhas ou cartões de crédito. Ele vai ficar assim:

Esta é a primeira parte de um rollout encenado que encoraja sites a se livrar do antigo HTTP simples.

Em uma próxima versão do Google Chrome irá rotular todas as páginas não-HTTPS em modo anônimo como “não segura” porque os usuários que utilizam este modo têm uma maior expectativa de privacidade.

A etapa final na implementação gradual será que o Chrome classificará todas as páginas HTTP simples como “Não seguro”. Ele vai ficar assim:

O Darinfo saiu na frente e já fornece acesso seguro aos seus usuários a um bom tempo e já é classificado pelo Google Chrome como seguro: