Google informou nesta quinta-feira (26), que trabalhou com o Facebook e Mozilla (criadora do navegador Firefox) para acelerar o recarregamento de páginas no Chrome. A novidade promete acelerar a navegação não apenas na versão para desktop mas também em smartphones.

De acordo com a Google, a novidade permite recarregar uma página até 28% mais rápido do que era possível no Chrome. A novidade é voltada para quem passa muito tempo em um mesmo site esperando por atualizações. Desta forma, ao apertar F5, por exemplo, o conteúdo da página seria atualizado com maior rapidez.
Google Chrome roda webapps mais rápido e abre caminho para Photoshop online no celular 4
Android 25 Jan
Que chatice! Windows 10 agora pede que usuários Chrome instalem extensão da Microsoft 126
Windows 20 Jan
Quando o usuário recarrega uma página no navegador, o programa faz centenas de solicitações de pedidos de rede apenas para verificar se as imagens e outros tipos de conteúdo em cache ainda são válidos. O problema é que isso acaba sobrecarregando o fluxo de dados e acarretando na maior demora no carregamento da página.

De acordo com o engenheiro do Google, Takashi Toyoshima, usuários geralmente atualizam suas páginas hoje em dia em dois casos: quando elas estão com erro ou quando o conteúdo parece estagnado. Segundo Toyoshima, antes o recurso era visto apenas em situações em que a página apresentava erro, mas hoje virou algo comum em muitos sites que tem mais atualizações.
Neon: Opera lança navegador-conceito com visual moderno e diversos recursos interessantes9
Windows 12 Jan
Samsung atualiza navegador do Gear VR e o torna mais imersivo com novos recursos 2
Android 22 Dez
A novidade também está sendo inclusa no Facebook, para que apenas os dados necessários sejam passados para o navegador, seja o Chrome ou Firefox, o que permite ter o conteúdo sempre atualizado na tela do seu computador.

O vídeo abaixo mostra a diferença do antes e depois da mudança:

O exemplo acima usa a página mobile da Amazon, que acaba carregando mais rapidamente com a nova versão do Chrome.