Atualização do Skype revolta usuários pelo mundo

Existe uma linha muito tênue quando se decide realizar grandes mudanças em programas e aplicativos. Ou as pessoas amam ou odeiam. E foi justamente a segunda opção que os usuários do Skype escolheram após sua última atualização no início deste mês.

A nova versão está disponível para Android há mais de mês, mas chegou recentemente à Apple Store no iOS. O resultado é um verdadeiro desastre para a Microsoft, empresa responsável pelo aplicativo.

As avaliações do programa simplesmente despencaram em diversos mercados espalhados pelo mundo. Em alguns lugares o Skype tem agora somente uma estrela, como no Reino Unido. Já nos Estados Unidos, o aplicativo conta com apenas uma estrela e meia.

“Pior atualização da história do Skype”, diz um usuário na Apple Store. “O layout não parece em nada com o que o Skype realmente é. O sistema de bate papo é uma bagunça e parece que estão tentando ser tão bem-sucedidos como o Snapchat”, criticou outro internauta.

É comum usuários de redes sociais e aplicativos criticarem mudanças promovidas pelas empresas. Entretanto, o Skype já vinha recebendo um feedback extremamente negativo por conta de uma série de mudanças ao longo dos últimos três anos. A última atualização foi a gota d´água para muitos usuários.

O que mudou?

A Microsoft alterou o visual do aplicativo e decidiu deixá-lo com algumas funções de redes sociais como Snapchat e Facebook. O usuário poderá tirar fotos e personalizá-las com emoticons, textos e desenhos feitos à mão. O conteúdo fica disponível para determinadas pessoas pré-escolhidas pelo autor e é apagado automaticamente após uma semana.

Parece semelhante a algo que você já conhece? Pois é. O Snapchat Stories foi copiado por praticamente todo mundo, como Facebook, Instagram, Whatsapp, Messenger e agora o Skype.

Outra mudança bem radical foi a interface das telas de conversa. É possível escolher diversos temas de cores e foram adicionados novos recursos ao bate-papo, mas claramente as novidades não caíram nas graças da comunidade. Pelo contrário, foi um verdadeiro mergulho no abismo.

Comentários: